Arquivo para junho 2010

VIDAS no Canal Universitário – TV São Marcos

Entrevista dada por Patricia Goloni Lolo a Franklin Valverde da TV São Marcos (Canal Universitários – net canal 11)

Tema: Inclusão da Criança com Deficiência

Carta à diretora da escola que rejeitou a matrícula do Gabriel, meu filho

Por Patricia Goloni Lolo

Prezada Adriana, diretora da escola @#$%&*(¨$%$#@!,

Desculpe a demora para lhe escrever, mas minha ong tem me mantido muito ocupada.

Aqui quem escreve é a Patricia Goloni Lolo, professora do Colégio Bandeirantes, mãe do Gabriel, 9 anos, cuja matrícula para o ano de 2010 você se recusou a aceitar, devido ao fato do Gabriel ter uma deficiência física, ser um cadeirante. Lembra-se?

Caso você não se lembre (até devido ao fato de você nunca ter tido a dignidade de ter me recebido pessoalmente ou conhecido o Gabriel – para saber se ele era ou não “digno” da sua escola), deixe-me refrescar sua memória: através da sua funcionária, você me mandou um recado dizendo que não aceitaria a matrícula do meu filho devido aos 3 degraus que se encontram no seu pátio e que “impediriam” o Gabriel de ter acesso a toda a escola e à sala de artes. Quando eu disse que vocês poderiam facilmente evitar os 3 degraus construindo uma simples rampa de madeira ou dando a volta pela calçada, a sua porta-voz disse que não tinha funcionário para ajudar nesse percurso de 10 metros (nossa, aquele segurança que fica na porta da sua escola deve ser a pessoa mais ocupada do mundo!). Como se você já não tivesse insultado minha inteligência o suficiente, você mandou dizer que quando o Gabriel fosse para o 6.o ano, a sala de aula seria no 3.o andar, onde não há elevador (detalhe, eu estava tentando matricular meu filho no 3.o ano!!). Mas não acaba por aí, quando eu disse que se vocês quisessem poderiam, dali a 3 anos, trazer a sala do 6.o ano para o 2.o andar, que é servido por elevador, sua porta-voz me disse que os pais dos outros alunos poderiam reclamar ?????!!!!!!

Pois é, muita coisa já aconteceu desde então. Tenho tido uma participação ativa na luta pela inclusão escolar e todas as vezes que falo em público e na mídia que as piores barreiras são as humanas e que muitas escolas fazem uma exclusão velada, irônica, mentirosa e covarde, é em você que eu penso. Aliás, se você quiser aprender um pouco sobre inclusão, clique aqui.

Infelizmente, a ética não me permite falar o nome da sua escola em público, mas eu ainda chego lá. Já chorei e sofri muito por sua causa, mas pessoas como você existem (infelizmente), sempre existirão e, provavelmente, nunca vão mudar. Então, mudei eu: prometi a mim mesma nunca mais sofrer por causa de pessoas como você. Transformei minha dor em ação, em luta…e minha luta se chama VIDAS (www.vidas.org.br).

E pra terminar, ao que me consta, você fala, escuta, enxerga e anda, mas você é muito mais deficiente do que o meu filho. Não sei se você tem ou não tem filhos, mas tomara que nunca façam com você ou com ele(a) o que você fez comigo e com o Gabriel.

Atenciosamente,

Patricia Goloni Lolo

Guru Guru Wahe Guru, Guru Ram Das Guru…teve tudo isso na VIDAS no dia 12 de junho

Por Denise Curi

Apesar do frio, as mães encararam com muita disposição a aula de Yoga… Ainda bem que tinha um aquecedorzinho em casa para dar uma aliviada! Ninguém iria conseguir ficar deitado no colchonete…

E assim, com o calorzinho do aquecedor, e o calorzão delicioso das mães, fizemos nossa aula de Yoga: trabalhamos as articulações, dos pés à cabeça, depois fizemos uma série para aliviar a tensão dos ombros e da cervical… Essa região é a que mais sofre no nosso dia a dia, e com esse frio todo, quando ficamos encolhidos e, por isso mesmo, com os ombros mais tensos que o normal, nada melhor que um carinho para essa região do nosso corpo.

Foi tudo feito com tanta dedicação que nem vimos o tempo passar!

Depois dessa série, focamos a atenção um pouquinho no fortalecimento do abdômen, essencial para uma postura correta. E, é claro, não podia faltar uma flexão, extensão e lateralização da coluna vertebral… Faltou a rotação, mas quando vimos o tempo já estava se esgotando… É claro que no meio teve muita conversa e muita risada, mas isso faz parte desse trabalho tão especial!

 Sinto-me extremamente feliz e agradecida por essa oportunidade de compartilhar o que conheço gosto e acredito tanto com essas mulheres maravilhosas, tão fortes, tão belas…

Pra terminar, um relaxamento ao som do mantra Guru Guru Wahe Guru, Guru Ram Das Guru, um mantra especialmente lindo, da humildade, que reconecta a experiência do finito com o infinito…

E não é que o aquecedor deu conta, teve gente que relaxou tanto que quase dormiu!!!

Por que Yoga para as mães da V.I.D.A.S.? Para mim, porque o Yoga promove o encontro consigo mesmo: com o Yoga você aprende a olhar para você, aprende a se conectar, a se perceber, a se sentir, sentir seu corpo… A prática do Yoga promove a interiorização, o relaxamento, o autoconhecimento, a saúde física, mental e espiritual… E nossas mães merecem isso, merecem esse “tempo” só delas, esse “encontro” com elas mesmas, esse “poder olhar” para elas mesmas!

Mães, obrigada por essa tarde maravilhosa! Obrigada pelo carinho e por confiarem em mim e nesse trabalho! Pat, você nunca participou de uma aula, mas se você não confiasse em mim, eu não teria essa oportunidade maravilhosa, obrigada a você também!

para ver mais fotos do dia 12, clique aqui